Schlüter Ditra Sound

Isolamento acústico

Possibilidade de instalação directa de cerâmica

Adequado para zonas de tráfego pesado

Material Schlüter®-DITRA-SOUND é uma lâmina de polietileno com uma espessura de aprox. 3,5 mm. A lamina tem um geotêxtil de ambos os lados. A longo prazo, o polietileno não é resistente aos raios UV. Por isso deve ser evitada uma exposição intensiva prolongada aos raios solares durante o armazenamento. Características do material e áreas de aplicação: Schlüter®-DITRA-SOUND é impermeável, não apodrece e cobre fendas. Para além disso, tem uma elevada resistência ao efeito de soluções aquosas, sais, ácidos e bases, muitos dissolventes orgânicos, álcoois e óleos. A resistência relativamente a determinadas exigências específicas deve ser verificada através da indicação da concentração, temperatura e duração de exposição esperadas. A densidade de difusão de vapor de água é relativamente elevada. O material é fisiologicamente inofensivo. Schlüter®-DITRA-SOUND pode ser utilizado em várias áreas de aplicação diferentes. A possibilidade de utilização em determinadas condições químicas ou mecânicas deve ser verificada caso a caso. As notas que se seguem apenas fornecem informações gerais.
Schlüter®-DITRA-SOUND é um isolamento acústico conjunto em lâmina de polietileno para pavimentos cerâmicos, revestido de ambos os lados com um geotêxtil que permite a aderência na cola para cerâmica. Este sistema foi ensaiado por laboratório acreditado, em conformidade com a norma DIN EN ISO 140-8 com isenção do fabricante. Para Schlüter®-DITRA-SOUND obteve-se uma melhoria ao ruído de impacto (ΔLW) de 13 dB. O valor real de melhoramento da respectiva construção depende das condições locais (estrutura da construção) e pode divergir deste valor. Por este motivo, não é possível aplicar os valores de ensaio apurados à situação na obra. A superfície tem de ser plana e ter capacidade de suporte. Para a colagem de Schlüter®-DITRA-SOUND é aplicado um cimento cola com uma talocha dentada (recomendação 3 x 3 mm ou 4 x 4 mm). Schlüter®-DITRA-SOUND é colado de forma a que fique totalmente revestido nessa argamassa fina com o geotêxtil na parte de baixo (lado com a impressão), de modo a que o geotêxtil fique ancorado mecanicamente na substância adesiva. É necessário observar o tempo de respiração da substância adesiva. O pavimento cerâmico é colocado directamente sobre o Schlüter®-DITRA-SOUND de acordo com as regras aplicáveis e segundo o método de camada fina, de modo a que o cimento cola fique ancorado no geotêxtil do lado de cima da lâmina. Desta forma é possível assegurar um sistema conjunto. Som de passos/ecos A transmissão de ruídos, provocados por exemplo por passos ou pela queda de objectos, para os espaços contínuos ou andares inferiores é designada por transmissão de som. A construção do pavimento e do tecto estimulada pelo ruído de estrutura volta a emitir o som de passos em forma de ondas de som. Se o som de passos for reduzido em 10 dB o ouvido humano aperceber-se-á de uma redução do ondas de som em 50%. Para além disto, o som de passos, originado por exemplo pelo calçado, é reflectivo pelo espaço envolvente. No caso de construções em materiais leves e com superfícies duras, o som de passos é influenciado de forma negativa e dá origem ao que se designa por efeito de percussão. Este efeito é prevenido pela elevada densidade da lâmina de polietileno. Resumo das funções: a) Isolamento do som de passos e de ecos Para além disto o material em lâmina de polietileno absorve um grau elevado do som de ecos, causado por exemplo por passos, e reduz desta forma o efeito de percussão. Assim, a placa de isolamento é ideal para ser utilizada em reabilitações e recuperações de edifícios, mas também em construções novas. Devido à sua altura baixa de aprox. 3,5 mm e ao bom valor de isolamento de som de passos/ecos Schlüter®-DITRA-SOUND é ideal para a reabilitação e recuperações de edifícios. b) Neutralização de fissuras As fissuras existentes e que não estejam previstas alterações dimensionais e nenhum desnivelamento podem ser compensadas com Schlüter®-DITRA-SOUND. Desta forma é possível prevenir que as fissuras sejam transmitidas para o pavimento de tijoleira. Se necessário, deve-se montar uma protecção contra variação em altura. c) Distribuição de carga (impacto de carga) Schlüter®-DITRA-SOUND é uma lâmina comprimida. Deste modo, os pavimentos de cerâmicos colocados sobre Schlüter®-DITRA-SOUND têm uma capacidade de carga elevada. Onde se verifiquem cargas elevadas (no máximo 5 kN/m², p. ex. em zonas industriais) a tijoleira a utilizar deve ter a espessura e a estabilidade suficientes para a respectiva área de utilização. Devem ser observadas as recomendações e as espessuras das tijoleiras de tijoleira segundo o boletim informativo ZDB válido na Alemanha – Pavimentos cerâmicos com elevada capacidade de carga. Em áreas onde se verifiquem cargas elevadas é necessário ter especial atenção para que toda a superfície da tijoleira fique assente. Em pavimentos de cerâmica devem ser evitadas cargas provocadas por pancadas com objectos. O formato da cerâmica deve ser de pelo menos 5 x 5 cm.
1. O pavimento deve estar isento de elementos da superfície que impeçam a aderência, deve ter capacidade de suporte e estar nivelado. Se necessário, devem tomar-se medidas para nivelar a superfície antes da aplicação de Schlüter®-DITRA-SOUND. 2. Para evitar pontes acústicas e tensões, devem aplicar-se tiras laterais autocolantes Schlüter®-DITRA-SOUND-RSK nos encontros dos pavimentos junto a paredes verticais ou outras instalações. 3. A escolha do cimento cola para colar Schlüter®-DITRA-SOUND e deve ser feita em função do tipo de superfície. A substância adesiva deve aderir ao solo e fixar e secar mecanicamente no geotêxtil de Schlüter®-DITRA-SOUND. Na maioria dos solos pode ser utilizada uma argamassa fina aderente hidráulica. Poderá ter de ser verificada a incompatibilidade dos materiais em si. 4. O cimento cola é aplicado com uma espátula dentada (recomendação 3 x 3 mm ou 4 x 4 mm) sobre a superfície. 5. As placas de Schlüter®-DITRA-SOUND previamente cortadas à medida são completamente assentes com o geotêxtil na substância adesiva aplicada e pressionadas imediatamente contra a substância adesiva no sentido da aplicação, com a ajuda de uma tábua de aplanar ou de um rolo. Deve ser observado o tempo de respiração da substância adesiva. É recomendável alinhar Schlüter®-DITRA-SOUND ainda enquanto se estende a lâmina. As placas individuais devem ser colocadas sucessivamente com uma ligeira pancada. Se sobressair argamassa, ela deve ser removida. 6. Para evitar pontes acústicas, deve aplicar-se a fita adesiva autocolante para juntas sobrepostas Schlüter®-DITRA-SOUND-KB em todas as juntas. 7. Para evitar danos na Schlüter®-DITRA-SOUND colocada ou um descolamento do solo, é recomendada a protecção da lâmina contra desgastes mecânicos, por exemplo, durante a colocação de tábuas (sobretudo nas zonas utilizadas para transportar material). 8. A cerâmica pode ser colocada segundo o método de camada fina com um cimento cola adequado para o revestimento, logo após a colagem da lâmina Schlüter®-DITRA-SOUND. Para este efeito, deve-se alisar a argamassa fina com a parte dentada de uma talocha. A tijoleira é completamente assente nesta argamassa. Nos pavimentos sujeitos a fortes agressões mecânicas deve ter-se especial atenção para que estes fi quem completamente assentes, de acordo com as indicações técnicas. Deve ter-se em consideração o tempo que a argamassa fi na tem de respirar. A substância adesiva tem de secar hidraulicamente, de forma hermética e sem perda de água, ou através de outro tipo de reacção química. 9. Devem ter-se em consideração as correspondentes notas desta fi cha técnica e as habituais recomendações técnicas para juntas de dilatação como juntas de bordo e de ligação
Notas O cimento cola utilizada em conjunto com Schlüter®-DITRA-SOUND e o material de pavimentação têm de ser apropriados para a respectiva área de aplicação e cumprir os requisitos necessários. A utilização de cimento cola de presa rápida pode ser vantajosa em determinadas aplicações. Se durante a fase de obra, houver a necessidade de utizar a zona onde está instalado Schlüter®-DITRA-SOUND para passagem e transporte de materiais, é recomendável a utilização de tábuas ou outros meios de protecção mecânica. Notas sobre juntas de dilatação: Schlüter®-DITRA-SOUND deve ser separado através das juntas de dilatação existentes na superfície em que é aplicado. De acordo com as regras em vigor, as juntas de dilatação devem ser respeitadas no pavimento de tijoleira. De resto, os pavimentos que cubram grandes superfícies sobre Schlüter®-DITRA-SOUND devem ser divididos em campos mais pequenos com juntas de dilatação segundo as regras aplicáveis. Recomendamos a utilização de diferentes tipos de perfis Schlüter®-DILEX. Nas juntas estruturais devem ser utilizados perfis correspondentes como Schlüter®-DILEX-BT ou Schlüter®-DILEX-KSBT, dependendo dos movimentos previstos. Notas sobre juntas perimetrais: É necessário evitar tensões nos bordos dos pavimentos, p. ex. em elementos de construção verticais ou em ligações de parede. As juntas de bordo e as juntas de ligação têm de cumprir as normas aplicáveis e apresentar uma dimensão suficiente para evitar tensões. Respectivamente deve-se aplicar aqui Schlüter®-DITRA-SOUND-RSK 630 como tira lateral. Para as juntas perimetrais e ligação entre o pavimento e a cerâmica da parede ou de rodapé recomendamos a utilização dos diferentes tipos de perfis da série Schlüter®-DILEX.