Schluter Kerdi 200

  • Lâmina de impermeabilização
  • Espessura de 0,3mm
  • Apto para paredes e pisos
SCHLUTER KERDI 200 é uma membrana de polietileno que serve como impermeabilização conjunta com um valor de espessura da camada de ar de difusão do vapor de água de sd=5,15 m.
SCHLUTER KERDI 200 é impermeável e resistente às reacções químicas que se costumam verificar normalmente nos pavimentos de cerâmicos.
SCHLUTER KERDI 200 é resistente ao envelhecimento, não apodrece e apresenta uma elevada capacidade de dilatação térmica.
Para além disso, tem uma elevada resistência a soluções aquosas, sais, ácidos e bases, muitos dissolventes orgânicos, álcoois e óleos.
SCHLUTER KERDI 200 está revestida em ambos os lados com um velo especial para garantir uma boa aderência da cola ao suporte e ao revestimento.
Os suportes onde se pretende colocar SCHLUTER KERDI 200 devem ser planos e é necessário verificar a estabilidade e a humidade dos mesmos. Os elementos da superfície que impedem a aderência têm de ser retirados.
As áreas de aplicação para SCHLUTER KERDI 200 são superfícies no pavimento e na parede que têm de ser protegidas contra a infiltração de humidade e de outras substâncias prejudiciais. Essas superfícies podem ser, por exemplo, áreas húmidas como casas de banho, chuveiros, rebordos de piscinas, ou também áreas industriais, como na indústria alimentar, em fábricas de cerveja ou em leitarias.
Nas áreas em que o trabalho deve ser efectuado segundo a conformidade CE ou a licença de construção alemã (abP; allgemeines bauaufsichtliches Prüfzeugnis), apenas devem ser utilizados cimentos cola verificados para esse sistema.
O cimento cola e as respectivas licenças de construção podem ser consultadas através do endereço indicado nesta folha de dados.
Para piscinas ou instalações similares é necessário observar requisitos especiais. Por este motivo, solicitamos que nos contacte a respeito destas instalações.
Como revestimento podem ser aplicados materiais desde cerâmica, pedra natural, outros materiais de pavimentação ou camadas de reboco adequadas para a finalidade que se pretende.
SCHLUTER KERDI 200 foi desenvolvido como impermeabilização conjunta com revestimentos de cerâmica e pedra natural e dispõe de uma licença de construção alemã (abP; allgemeines bauaufsichtliches Prüfzeugnis) e está identificado com a marcação Ü.
Classe de impermeabilização de humidade conforme abP: 0 – B0, bem como A, B e C.
De acordo com a ETAG 022 (impermeabilização em conjunto), SCHLUTER KERDI 200 dispõe de uma homologação europeia (ETA = European Technical Assessment) e está identificado com a marcação CE de conformidade.
Classe de impermeabilização de humidade conforme ETAG 022: A, B e C.
Instalação

1 – O suporte deve estar isento de elementos da superfície que impeçam a aderência, deve ter capacidade de suporte e estar nivelado. As medidas de compensação necessárias devem ser executadas antes da sua colocação. SCHLUTER KERDI 200 possui uma retícula de corte de um lado para facilitar o corte. Adicionalmente à indicação da quantidade restante, é representada a largura de sobreposição mínima de 5 cm para a instalação das membranas entre si.

2 – A escolha da substância adesiva para aplicar a SCHLUTER KERDI 200 depende do tipo de superfície. A substância adesiva tem de aderir à superfície e de ancorar mecanicamente no velo da SCHLUTER KERDI 200. Na maioria dos pavimentos pode ser utilizado um cimento cola hidráulico. A incompatibilidade dos materiais em si poderá ter de ser verificada.

3 – O cimento cola é aplicado com uma espátula dentada (recomendação 3 x 3 mm ou 4 x 4 mm).

4 – As faixas da SCHLUTER KERDI 200 previamente cortadas à medida são completamente aplicadas com o velo na substância adesiva aplicada. Para assentar recomenda-se o lado plano da espátula dentada, a qual é aplicada diagonalmente sobre a membrana SCHLUTER KERDI 200, exercendo pressão sobre ela. Devem ser evitadas bolhas de ar. Deve ser observado o tempo de respiração da substância adesiva.

5 – As membranas SCHLUTER KERDI 200 devem de ser coladas nas uniões com uma sobreposição de pelo menos 5 cm ou colocadas topo a topo e coladas por completo com SCHLUTER KERDI-KEBA utilizando a cola vedante SCHLUTER KERDI-COLL.

6 – Para cantos interiores e exteriores devem ser utilizados os cantos SCHLUTER KERDI KERECK-FI/FA pré-fabricados. SCHLUTER KERDI-KEBA deve ser respectivamente colada para obter as ligações de canto. Nas passagens de tubos devem ser coladas SCHLUTER KERDI-KM. Também é possível criar ligações funcionais em componentes fixos. Consoante a situação na obra, SCHLUTER KERDI 200, KERDI-KEBA ou KERDI-FLEX podem ser fixados para a criação de uma ligação impermeável com SCHLUTER KERDI-FIX no componente a ligar (consultar a folha de dados do produto SCHLUTER KERDI-FIX).

7 – Na área da falange de ligação é necessário entalar ou colar de forma estanque um recorte com o formato 50 x 50 cm de SCHLUTER KERDI 200, como banda de ligação, no falange do escoamento de água no pavimento. A membrana SCHLUTER KERDI 200 adjacente deve ser aproximada até uma distância de cerca de 10 cm do escoamento de água no pavimento e colada de forma estanque na banda de ligação.
Nota referente a escoamentos no solo:
Com SCHLUTER KERDI-DRAIN e SCHLUTER KERDI-LINE foram desenvolvidos sistemas de escoamento especiais para a ligação a impermeabilizações conjuntas. Neste caso, SCHLUTER KERDI 200 pode ser aplicado de forma rápida e segura se for utilizado com as guarnições.

8 – Nas juntas de dilatação ou nas juntas estruturais existentes a SCHLUTER KERDI 200 também deve ser separada e nas juntas deve ser colada com SCHLUTER KERDI-FLEX. Da mesma forma, deve ser utilizada SCHLUTER KERDI-FLEX nas juntas de bordo flexíveis. Como alternativa também pode ser utilizada a lâmina SCHLUTER KERDI-KEBA, desde que seja possível formar um laço correspondente.

9 – O revestimento só pode ser aplicado depois de ter colado toda a impermeabilização conjunta de forma estanque, incluindo todas as sobreposições, cantos e ligações. Não é necessário observar qualquer tempo de espera.

10 – Para a colocação da cerâmica, aplica-se cimento-cola directamente por cima de SCHLUTER KERDI 200. Dentro do possível, a cerâmica deve ser assente por completo na argamassa. Para revestimentos expostos a agentes químicos deve ser utilizada uma argamassa de resina epóxica ou uma argamassa para juntas adequada.
Uma vez que a utilização de SCHLUTER KERDI 200 não cumpre a função de desacoplamento, em áreas exteriores sujeitas a solicitações térmicas, qualquer tipo de função de desacoplamento entre a betonilha e o revestimento cerâmico, recomendamos que nesta área se utilize SCHLUTER KERDI 200 em conjunto com SCHLUTER DITRA-DRAIN. Para além da SCHLUTER KERDI 200 também podem ser fornecidos cantos interiores ou exteriores, bem como guarnições para tubos. Para a impermeabilização de juntas ou junções angulares, as fitas SCHLUTER KERDI-KEBA pode ser fornecida com larguras de 8,5/12,5/15/18,5/25 cm.